Rio de Janeiro, 15 de Janeiro de 2020

Secretário da Cultura reverte indicação de cientista crítico ao governo Bolsonaro para cargo de chefia na Fundação Casa de Rui Barbosa

site Brasil247.com / reprodução/Sec. Especial da Cultura

site Brasil247.com / reprodução/Sec. Especial da Cultura

Secretário Especial da Cultura, Roberto Alvim, reverte a indicação de cientista político, Christian Lynch, para cargo de chefia da Fundação Casa de Rui Barbosa por conta de críticas feitas pelo cientista ao governo Bolsonaro [1]. A indicação é divulgada no perfil oficial do twitter de Letícia Dornelles, presidenta da Fundação Casa de Rui Barbosa, mas recebe intervenção do secretário da Cultura antes de ser anunciada no Diário Oficial da União. Alvim teria chamado a atenção de Dornelles, que não teria conhecimento sobre as ideias do cientista político em relação ao governo, em alusão a artigo publicado por Lynch contendo críticas aos primeiros meses da gestão Bolsonaro. A indicação é cancelada e a postagem feita por Dornelles nas redes sociais apagada [2]. O episódio se acumula a demais polêmicas envolvendo a Casa de Rui Barbosa, como a própria nomeação da nova presidenta [3] e a dispensa do diretor e chefes do Centro de Pesquisa da instituição [4].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Análises sobre o caso

Leia entrevista com o cientista político cuja nomeação foi revertida, com destaque para a importância de Rui Barbosa na cultura brasileira

Qual a importância de Rui Barbosa para o liberalismo brasileiro