Exibindo todos os casos marcados com Expressão motivadora: Posicionamento e/ou crítica política

31 de Dezembro de 2021

Diretor-geral do Arquivo Nacional exonera servidoras fundamentais da gestão de documentos de repartições federais

A medida ocorre após reuniao em que as funcionárias demonstraram preocupação com documentos da administração federal após decreto que permite a eliminação deles sem aprovação prévia

Diretor-geral do Arquivo Nacional, Ricardo Braga, nomeado a despeito de sua inexperiência para o cargo [1], exonera duas servidoras essenciais para o órgão que trabalhavam na gestão de documentos de repartições federais: Dilma Cabral, destituída do cargo de supervisora da equipe do projeto Memória da Administração Pública Brasileira, e Cláudia Lacombe, supervisora de Gestão de […]

Abrir caso

6 de Abril de 2022

Deputado federal compartilha vídeo falso da cantora Daniela Mercury

Deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP) compartilha vídeo falso no qual a cantora Daniela Mercury teria afirmado que ‘Jesus era gay, muito gay, muito bicha, muito veado’ [1]. O parlamentar escreve junto do vídeo a legenda: ‘Cuidado! Cenas fortes. Efeitos colaterais da abstinência de Lei Rouanet. A que ponto a pessoa contaminada chega’ [2]. A montagem […]

Abrir caso

17 de Abril de 2020

Presidente da Fundação Palmares afirma que só aceitará rappers com ‘checagem da vida pregressa’

Sérgio Camargo afirma que rappers não serão contemplados pela Lei de Incentivo à Cultura caso relacionem-se com o 'caminho do crime, da apologia das drogas e da putaria' ou sejam 'capachos da esquerda'

Nas redes sociais, o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, escreve que projetos ligados à instituição em parceria com rappers só serão aceitos ‘após rigorosa checagem da vida pregressa dos ‘artistas’ [1]. Ele afirma que rappers que ‘enveredam pelo caminho do crime, da apologia das drogas e da putaria, ou se deixam usar como capachos […]

Abrir caso

Bagé, 23 de Março de 2022

Prefeitura de Bagé determina retirada de obras da mostra ‘Sobre Vivências’ por conteúdo político-partidário

A mostra desenvolvida por universidades federais continha duas fotos com referência ao presidente Jair Bolsonaro e ao Partido dos Trabalhadores, o que supostamente contraria a legislação local

Prefeitura de Bagé (RS) encerra antecipadamente a mostra ‘Sobre Vivências’ na Casa de Cultura Pedro Wayne, executada pelas universidades federais de Santa Maria (UFSM), de Pelotas (UFPel) e do Pampa (Unipampa) como parte do Prêmio Cultural Pindorama, sobre a pandemia de covid-19 por considerar que suas obras tinham conteúdo político partidário [1]. A Secretaria de […]

Abrir caso

Distrito Federal, 11 de Fevereiro de 2019

A pedido da Polícia Militar, escola apaga grafite com rosto de Nelson Mandela e ‘mural da inclusão’

Os murais, feitos por artistas voluntários, são pintados de branco logo antes da PM integrar a gestão da unidade no modelo de escola cívico-militar

Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) solicita à diretora da escola Centro Educacional 1 (CED 1) na Estrutural, Estela Accioly, que apague grafite com o rosto de Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul e ícone da luta pela igualdade racial, pintado por grupo de artistas voluntários, como apurado pela imprensa nesta data [1]. Junto […]

Abrir caso

4 de Junho de 2020

Presidente da Fundação Palmares ofende Alcione após críticas políticas da cantora

Sérgio Camargo declara que a Alcione é ‘barraqueira’ e que despreza sua ‘insuportável’ música, após a artista criticá-lo por áudios vazados nos quais teria dito que o movimento negro é 'escória maldita'

Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, declara que a cantora Alcione é ‘barraqueira’ e que despreza sua ‘insuportável’ música [1]. Ao compará-la com a cantora americana Ella Fitzgerald, ele afirma que não suporta ’30 segundos da voz de Alcione’ e que Fitzgerald ‘humilha Alcione como intérprete e como ser humano’ [2]. As declarações de Camargo […]

Abrir caso

13 de Fevereiro de 2022

Secretário de Incentivo e Fomento à Cultura chama Paulo Coelho de “maconheiro” e “idiota”

Após o artista criticar secretários da Cultura por viagens extremamente onerosas aos cofres públicos, André Porciúncula chama-o de ‘maconheiro’, ‘idiota’ e 'palerma'.

Nas redes sociais, o secretário nacional de Incentivo e Fomento à Cultura, André Porciúncula, chama o escritor Paulo Coelho de ‘maconheiro’ e ‘idiota’ em reação a uma publicação feita pelo escritor mais cedo [1]. Dias antes, o secretário especial da Cultura, Mário Frias, realizou uma viagem à Nova Iorque (EUA) e gastou 78 mil reais […]

Abrir caso

26 de março de 2022

Ministro do TSE proíbe manifestações políticas no Festival Lollapaloozza a pedido do partido de Bolsonaro

Decisão, em caráter liminar, do ministro Raul Araújo atendeu a pedido do Partido Liberal (PL) e estipulou multa por descumprimento. O ministro revogou sua própria decisão dois dias depois.

Em decisão liminar, o ministro Raul Araújo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determina a proibição de manifestações políticas no festival de música ‘Lollapalooza’ e multa de 50 mil reais caso haja novas ocorrências, a pedido do Partido Liberal (PL), ao qual está filiado o presidente Jair Bolsonaro [1]. A representação protocolada pela advogada de campanha […]

Abrir caso

05 de Abril de 2022

Presidente Jair Bolsonaro veta Lei Paulo Gustavo

Após diversas críticas políticas de autoridades do governo e da base aliada ao presidente Bolsonaro, o governo alegou que a medida comprometeria regras de transparência e o teto de gastos

O presidente Jair Bolsonaro veta o projeto de lei (PL) Paulo Gustavo [1] – nome dado em homenagem ao ator que faleceu em maio de 2021 devido à covid-19 – cujo objetivo é repassar 3,86 bilhões de reais do Fundo Nacional da Cultura (FNC) para ações emergenciais no setor cultural, que teve sua receita reduzida […]

Abrir caso

11 de Abril de 2022

Deputado federal e antigas autoridades do governo criticam os artistas Taís Araújo e Lázaro Ramos por filme sobre racismo

As autoridades aliadas à gestão Bolsonaro condenaram o uso da Lei de Incentivo à Cultura no filme 'Medida Provisória' e falas dos artistas contra o governo federal.

Nas redes sociais, o deputado federal, Eduardo Bolsonaro, chama o diretor Lázaro Ramos e a atriz Taís Araújo de ‘sequestradores’, pois o filme ‘Medida Provisória’ – uma ficção distópica racial na qual brasileiros negros seriam mandados a força para o continente africano – beneficiou-se de 2,7 milhões de reais através da Lei de Incentivo à […]

Abrir caso