Exibindo todos os casos marcados com Motivação: Moral

1º de Junho de 2022

Ministério da Justiça restringe gastronomia erótica e venda de alimentos com formato de órgãos genitais

Clientes chamam a medida de ‘puritana’ e dizem que o governo deveria se preocupar com coisas mais relevantes e proprietária de estabeleciento ressalta que ‘é uma comida lúdica, não tem nada de sexual'

Ministério da Justiça e Segurança Pública publica despacho [1] que proíbe a venda de alimentos ‘que reproduzam ou sugiram o formato de genitálias humanas e/ou partes do corpo humano com conotação sexual, erótica ou pornográfica’ para menores de 18 anos e determina que os estabelecimentos não exibam letreiros, incluindo o nome das lojas, e produtos […]

Abrir caso

1º de Junho de 2022

Comissão da Câmara dos Deputados aprova requerimento para realização de audiência sobre a Barbie transexual

Os deputados Otoni de Paula (MDB) e Pastor Sargento Isidório (Avante) defendem a realização da audiência pública para debater as ‘implicações psicossociais em crianças’ do brinquedo

Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprova requerimento do deputado Otoni de Paula (MDB), subscrito pelo deputado Pastor Sargento Isidório (Avante), ambos da base aliada do presidente Jair Bolsonaro, para a realização de uma audiência pública para debater as ‘implicações psicossociais em crianças’ da boneca Barbie transexual [1]. O brinquedo foi […]

Abrir caso

Niterói, 10 de Junho de 2022

Após manifestação de vereador, shopping transfere exposição LGBT para local menos visível

Douglas Gomes (PL-RJ) publica nas redes sociais vídeo afirmando que as obras eram um 'aburdo' e 'trabalhavam para sexualizar crianças'

Vereador de Niterói (RJ), Douglas Gomes (PL), publica nas redes sociais vídeo afirmando que a exposição ‘Abecedário da Diversidade’, do artista plástico Diego Moura, composta por imagens de personalidades LGBTQIAP+ e por conteúdo informativo sobre a causa, é um ‘absurdo’ e ‘trabalha para sexualizar as crianças’ [1]. Dentre os homenageados estão o ator Paulo Gustavo […]

Abrir caso

Nova Friburgo, 8 de Março de 2022

Prefeitura de Nova Friburgo censura obra em exposição do Dia Internacional da Mulher

O Município justifica que a ação busca respeitar o Estatuto da Criança e do Adolescente, no entanto, a artista ressalta que não 'não tem nada sensual ou impróprio'

Prefeitura de Nova Friburgo (RJ) censura obra com nu feminino, realizada pela artista Elis Pinto, na mostra ‘Vozes femininas’, organizada pela Secretaria de Cultura do município em homenagem ao Dia Internacional da Mulher [1]. A prefeitura justifica que a retirada das obras busca respeitar o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), pois a nudez […]

Abrir caso

5 de Março de 2020

Bolsonaro usa vídeo de conteúdo sexual para criticar carnaval

O presidente afirma que está expondo 'a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades' e diz que 'é isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro'

O presidente da República Jair Bolsonaro compartilha em seu Twitter oficial vídeo gravado no carnaval de São Paulo em que um homem introduz o dedo no próprio ânus e, a seguir, outro rapaz urina em sua cabeça [1]. De acordo com a publicação do presidente, ele estaria expondo ‘a verdade para a população ter conhecimento […]

Abrir caso

Paraná, 26 de Junho de 2020

Ministério Público move processo contra artista por ‘espetáculo obsceno’

A apresentação, que consistia em uma performance com o corpo nu dentro de uma esfera plástica e translúcida, foi interrompida pela Polícia Militar e objeto de ação do Ministério Público Estadual do Paraná

Ministério Público do Estado do Paraná (MP-PR) denuncia o artista Maikon K pela performance ‘DNA de DAN’ realizada em outubro de 2017 no anfiteatro do Lago Igapó na cidade de Londrina (PR), acusando-o de exibir um ‘espetáculo de caráter obsceno’ e praticar ‘atentado ao pudor’, como apurado pela imprensa nesta data [1]. A apresentação, que […]

Abrir caso

16 de Março de 2022

Ministério da Justiça altera a classificação indicativa do filme ‘Como se tornar o pior aluno da escola’

Após determinar a retirada do longa das plataformas de streaming, a pasta aumenta a classificação para 18 anos e inclui descritores de conteúdo obrigatórios sobre estupro e pedofilia

O Ministério da Justiça e da Segurança Pública edita despacho [1] alterando a classificação indicativa do filme ‘Como se tornar o pior aluno da escola’ de 14 para 18 anos, por entender que o longa contém ‘Tendências de Indicação como Coação sexual / Estupro (16 anos), Ato de Pedofilia (16 anos) e Situação Sexual Complexa […]

Abrir caso

Juiz de Fora, 10 de Fevereiro de 2022

Prefeitura suspende intervenção cultural após críticas nas redes sociais

A performance 'Praia' insere-se na programação de releitura da Semana de Arte Moderna de 1922 e busca questionar a forma como os cidadãos lidam com diferentes corpos.

Prefeitura de Juiz de Fora (MG) suspende a apresentação da intervenção cultural ‘Praia’, que ocorreria dois dias depois, e do evento ‘Paz, Amor e Liberdade’; ambos fazem parte da programação de releitura da Semana de Arte Moderna de 1922 [1]. De acordo com a Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania, a decisão ocorre após o […]

Abrir caso

São Paulo, 29 de Abril de 2022

Justiça determina a suspensão do contrato da gestão do Museu da Diversidade em São Paulo

A pedido do deputado conservador Gil Diniz, a Justiça vislumbra irregularidades na contratação e falta de idoneidade por parte da administradora, a decisão gera discordâncias no movimento LGBT.

Desembargador Carlos Otávio Bandeira Lins, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), confirma decisão de primeira instância e determina a suspensão do contrato entre a Secretaria da Cultura do estado de São Paulo e o instituto Odeon, que administra o Museu da Diversidade, destinado a exposições de temática LGBTQIA+ [1]. Dentre os argumentos suscitados, […]

Abrir caso

15 de Março de 2022

Ministério da Justiça determina que plataformas de streaming não exibam filme de Danilo Gentili e Fábio Porchat

Para as autoridades do governo federal, o longa ‘Como se tornar o pior aluno da escola’ atenta contra a família e promove a pedofilia

Através de medida cautelar publicada no Diário Oficial da União [1], o Ministério da Justiça e Segurança Pública determina que a Netflix e demais plataformas de streaming não exibam o filme ‘Como se tornar o pior aluno da escola’, baseado no livro homônimo do humorista Danilo Gentili, sob pena de multa diária de 50 mil […]

Abrir caso