26 de Janeiro de 2021

Apex censura lista com livros de autoras brasileiras críticas ao governo Bolsonaro

Apex Brasil retira do site lista com recomendações de livros de autoras brasileiras críticas ao governo

Imagem: FB Illona

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) retira de seu site uma lista criada pela agente literária Lucia Riff, que continha seis recomendações de livros de escritoras brasileiras [1]. A lista foi encomendada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), parceira da Apex na Brazilian Publisher, e, dentre as autoras elencadas, estavam Patrícia Campos de Mello, Ilona Szabó e Eliane Brum, todas críticas em relação ao governo Jair Bolsonaro [2]. Eliane Brum escreve para o jornal El País e, em suas colunas, discorda veementemente da gestão Bolsonaro, tendo publicado em abril de 2019 o artigo ‘Cem dias sob o domínio dos perversos’ [3]. A jornalista Patrícia Campos de Mello escreveu sobre o sistema de disparo de notícias falsas em favor de políticos e foi ofendida pelo presidente Jair Bolsonaro [4] e por seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro [5]. A especialista em segurança pública, Ilona Szabó, é contra a flexibilização do porte de armas e teve sua nomeação como suplente no Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária revogada após pressão do presidente Bolsonaro e ataques de seus apoiadores [6]. Ilona acredita que a lista foi retirada, pois ‘O atual governo não sabe conviver com críticas e com pessoas de opiniões diferentes. É um governo intolerante, que tenta calar pessoas que divergem de suas propostas, e os chama de inimigos.’ [7]. A Apex não se pronuncia sobre o caso, apenas informa que ‘ainda está avaliando o conteúdo’. Vale lembrar que o presidente já ameaçou extinguir a Agência Nacional de Cinema caso não pudesse filtrar suas produções [8] e o Itamaraty vetou livro com prefácio de desafeto do ministro das Relações Exteriores [9].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Análises sobre o caso

Leia mais sobre as opiniões das autoras Eliane Brum, Ilona Szabó e Patricia Campos de Mello acerca da atual política brasileira.

Cem dias sob o domínio dos perversos Ilona Szabó: “A direita está falando em renovação política para chegar ao autoritarismo” Bolsonaro e a receita húngara para acabar com a imprensa crítica