06 de Dezembro de 2021

Ancine atrasa o lançamento do filme ‘Medida Provisória’

Lentidão n aa análise de documentos requisitados adia estreia em 5 meses, a despeito da diligência da produtora.

Divulgação

Agência Nacional do Cinema (Ancine) deixa de responder pedidos de aprovação da data de estreia do filme ‘Medida Provisória’, que conta a história de uma distopia racial, e seu lançamento é adiado repetidas vezes [1]. O longa, que tinha sua estreia inicial prevista para novembro de 2021, não teve a data confirmada, pois questões burocráticas estão sem conclusão da Ancine desde novembro de 2020 [2]. Por meio de nota, a assessoria de imprensa do filme informa que o lançamento continua impossibilitado no Brasil, ‘apesar dos inúmeros recursos submetidos por suas produtoras e coprodutoras à Ancine para que ele seja liberado em circuito comercial’ [3]. Ainda, a produção diz que ao longo de mais de um ano ‘foram trocados com a agência dezenas de emails, checados o recebimento e andamento de protocolos, bem como foram realizadas consultas processuais’ e que um mês antes da previsão inicial de estreia foi encaminhada uma carta com questionamento formal à Ancine que, apesar da confirmação de recebimento, não recebeu resposta [4]. A Ancine afirma que o filme ‘encontra-se na fase de análise do pedido de investimento para a sua distribuição em salas de cinema’, no intuito de ‘aumentar a rentabilidade’ do Fundo Setorial Audiovisual (FSA) – do qual o longa se beneficiou –, e ressalta que ‘segue o trâmite normal’ dentro da instituição [5]. Durante evento, o diretor do filme, Lázaro Ramos, evita falar em censura, mas acredita que há um boicote por trás [6]. Em março de 2021, o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, desaprova e pede boicote do longa [7] e, pouco antes da estreia do filme, que ocorre em 14 de abril de 2022, deputado federal e ex-secretário da Cultura criticam a atriz protagonista Taís Araújo e o diretor Lázaro Ramos [8]. Situação semelhante ocorreu com o filme ‘Marighella’ [9] que, junto com seu diretor Wagner Moura, foram alvos de depreciações por autoridades do governo federal [10].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Análises sobre o caso

Leia as análises sobre como o filme ‘Medida Provisória’ explora uma distopia racial, quais as semelhanças da história com o Brasil atual e sua importância para o movimento negro.

‘Medida provisória’: uma distopia sobre reparação e backlash Medida Provisória: O que o filme tem em comum com o Brasil de hoje? “Este é um filme sobre resistência negra”, afirma Seu Jorge, no lançamento do filme Medida Provisória