21 de Fevereiro de 2021

Diretor do Iphan realiza evento evangélico dentro da sede da instituição e pede dízimo

Tassos Lycurgo grava a live ‘É Proibido Não Pensar’ do Ministério da Defesa da Fé, igreja da qual é pastor, em seu gabinete na sede do instituto

O diretor do Departamento do Patrimônio Imaterial do Iphan, Tassos Lycurgo, nomeado em dezembro de 2020 – a despeito de sua falta de qualificação para assumir a função [1] –, grava a live ‘É Proibido Não Pensar’ do Ministério da Defesa da Fé, igreja da qual é pastor, em seu gabinete na sede do instituto [2]. De acordo com advogada, a ação pode ser considerada irregular, uma vez que afronta princípios da administração pública, como a moralidade e a impessoalidade [3]. O Iphan afirma que o vídeo foi realizado fora do horário de trabalho do diretor e com equipamentos pessoais e que o conteúdo da transmissão é de ‘responsabilidade pessoal’ dele, além disso, o órgão complementa que Lycurgo foi ‘orientado pela presidência do instituto a evitar eventos dessa natureza’ [4]. Através de representação, fórum de entidades de defesa do patrimônio aciona o Ministério Público Federal para que instaure inquérito e apure as condutas do diretor [5]. No documento, o fórum destaca que, durante o evento, Lycurgo convidou os participantes a contribuírem com dízimo [6]. Ainda, as entidades defendem que o gabinete ‘foi utilizado para a realização de doutrinação e ensinamentos de uma religião específica, contrariando a própria diretriz do órgão, que é a preservação e a difusão da diversidade de manifestações culturais’ [7]. O governo federal realizou diversas nomeações de pessoas pouco qualificadas para a presidência [8] e para as superintendências [9] do Iphan, além de beneficiar empresário através de exonerações [10]. Ademais, foi aventada a possibilidade de tornar as armas de fogo objetos de valor cultural [11] e Tassos Lycurgo decide aparelhar comissão de prêmio com pessoas próximas do seu círculo social [12].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Análises sobre o caso

Leia mais sobre a relação dos cristãos com o governo Bolsonaro e sobre o fortalecimento evangélico no Brasil e na América Latina.

A relação dos cristãos com o governo Bolsonaro O fortalecimento evangélico no Brasil e na América Latina

Fontes