Dois Irmãos, 26 de Novembro de 2018

Prefeita e vice-prefeito de Dois Irmãos censuram exposição por conteúdo ‘inadequado’

Obras envolvendo sexualidade, gênero e política geram polêmica nas redes sociais e são retiradas de exposição

Foto: IPHAE/Divulgação

O vice-prefeito de Dois Irmãos (RS), Jerri Meneghetti, veta exposição no Espaço Cultural Antiga Igreja Matriz por seu conteúdo ‘não ser adequado ao espaço público’, após críticas nas redes sociais [1]. As obras alvo de questionamentos consistiam em imagens de uma pessoa transexual crucificada, de mulheres com seios descobertos e genitálias femininas e continham manifestações políticas [2]. Em nota, a Associação de Amigos do Patrimônio Histórico Cultural afirma que a exposição foi organizada pela Pinacoteca da Universidade Feevale, tinha como tema ‘2008-2018 – O Mundo em Dez Anos’ e cada artista participante contribuía com um trabalho segundo a sua concepção sobre o assunto [3]. Três dias depois, a exposição é reaberta, mas, por determinação da prefeita Tânia Silva, são retiradas cinco obras que surtiram mais polêmica nas redes sociais [4]. Na cidade de Caxias do Sul (RS), a Secretaria de Cultura altera obra de arte sem autorização dos artistas por seu conteúdo político [5] e o prefeito proíbe alunos de escolas municipais de frequentarem exposição com nudez [6]. Em outros momentos, o Espaço Cultural dos Correios em Niterói (RJ) pede a substituição de obras por seu conteúdo político [7] e a Secretaria de Cultura de Pernambuco cancela peça de teatro que representava Jesus como transexual [8].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.